Empresário raptado na capital moçambicana

Um empresário do ramo da construção foi hoje sequestrado em Maputo, junto a uma das principais artérias da capital moçambicana, anunciaram as autoridades.


© iStock


O rapto aconteceu durante a tarde na avenida Francisco Orlando Magumbwe quando um grupo de desconhecidos armados intercetou a vítima e a obrigou a entrar num automóvel em que fugiram do local.


Testemunhas ouvidas pelo canal de televisão STV relataram que os raptores dispararam um tiro enquanto concretizavam o rapto.

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic) esteve no local e a polícia remeteu mais esclarecimentos para terça-feira.

O jornal Notícias avançou que a vítima é o empresário Huseyin Sozen, proprietário da firma Umran Construções.

Após um período de relativa acalmia, as cidades moçambicanas, principalmente a capital do país, voltaram a ser assoladas desde 2020 por uma onda de raptos, visando principalmente homens de negócios ou seus familiares.

Em novembro de 2021, a Polícia da República de Moçambique lançou a formação de uma força mista para responder a este tipo de crime, um grupo de oficiais que vão ser capacitados por especialistas ruandeses durante seis meses. (NM)

68 visualizações0 comentário