• estaciosvaloi

"Dizem que os elefantes nunca esquecem"

Os elefantes do Parque Nacional da Gorongosa são apresentados num novo projecto de referência sobre o comportamento dos elefantes.


Dizem que os elefantes nunca esquecem. E, durante décadas, os cientistas mostraram-nos que os elefantes também são altamente inteligentes. Eles estão “entre as espécies não humanas mais complexas socialmente no nosso planeta”, de acordo com a Dra. Joyce Poole, Directora Científica do grupo sem fins lucrativos, “ElephantVoices”.


A complexidade social dos elefantes é expressa numa vasta gama de comportamentos e comunicações que a Dra. Poole ajudou a identificar, com base em 45 anos de trabalho no Parque Nacional da Gorongosa em Moçambique, bem como no Parque Nacional Amboseli e no ecossistema Maasai Mara no Quénia. Agora, graças à Dra. Poole e ao seu marido Petter Granli, CEO da ElephantVoices, o mundo finalmente tem uma ferramenta abrangente para entender a linguagem dos elefantes.


“Rest-Head”: Na Gorongosa, uma adolescente da família da Iria repousa a cabeça sobre uma cria. Foto: ElephantVoices


A Dra. Poole compilou todas as suas pesquisas num projecto de referência: The Elephant Ethogram: A Library of African Elephant Behavior, um banco de dados on-line exclusivo e amigável sobre o comportamento e a comunicação dos ameaçados elefantes Africanos da savana (Loxodonta africana). O banco de dados totalmente pesquisável categoriza e descreve mais de 500 comportamentos e documenta-os com mais de 3.000 videoclipes anotados, gravações de campo de áudio e fotografias savana (Loxodonta africana). O banco de dados totalmente pesquisável categoriza e descreve mais de 500 comportamentos e documenta-os com mais de 3.000 videoclipes anotados, gravações de campo de áudio e fotografias.



A Dra. Poole descreve o projecto como um “catálogo multimédia, ou biblioteca, que visa descrever as características e, quando possível, as funções dos comportamentos que foram registados param os elefantes da savana Africana. Pretendemos que o Etograma do Elefante seja um repositório para estudo científico e comparação e inspire um interesse mais amplo no comportamento, conservação e bem-estar dos elefantes.”


O Etograma do Elefante documenta a “rica comunicação postural, gestual, táctil, química e acústica e o comportamento dos elefantes da savana, incluindo comportamento raro, novo e idiossincrático, bem como aquele expresso em resposta às pessoas”, explica a Dra. Poole. O Etograma do Elefante é baseado em décadas de estudos comportamentais e colecções fotográficas, acústicas e videográficas e define 404 comportamentos, 109 constelações comportamentais e 23 contextos.


Ao anunciar o lançamento do projecto, Petter Granli, CEO da ElephantVoices, disse: “Estamos muito entusiasmados com os resultados deste esforço massivo de vários anos. O Etograma do Elefante é realmente o culminar do trabalho da vida de Joyce, e é muito gratificante poder compartilhá-lo com o mundo por meio da organização que fundamos e construímos juntos.”


“Coo-Rumble”: Na Gorongosa, a matriarca Junia e a sua filha “Coo-Rumble” ao tocarem numa criança. Foto: ElephantVoices


Uma parte significativa dos videoclipes usados no Etograma do Elefante foram filmados no Parque Nacional da Gorongosa durante a pesquisa de Poole e Granli na última década. Grande parte do vídeo usado foi originalmente criado para programas de televisão, como a série de 6 partes da PBS e da National Geographic “Gorongosa Park Rebirth of Paradise”, filmada pelo irmão de Joyce, Bob Poole, um premiado cinematógrafo de fauna bravia. Graças a um acordo especial com a Gorongosa Media e outras partes interessadas nos direitos de autor, foi concedida autorização para a filmagem ser utilizada para este importante propósito científico e educacional.


“Estamos muito satisfeitos por estas filmagens poderem ser usadas no Etograma do Elefante,” disse James Byrne, Director da Gorongosa Media. “Durante décadas, ao contribuir livre e generosamente com o seu tempo para programas de TV - muitas vezes aparecendo diante das câmaras e também actuando como consultora científica - Joyce tem sido uma poderosa voz global em nome dos elefantes nas comunicações públicas. Ela é uma das poucas pessoas que mostraram ao mundo como os elefantes são extraordinários - e vulneráveis. Fazer todo este trabalho de TV aumentou a consciência global, a preocupação e a protecção dos elefantes a um alto nível, mas teve um custo significativo em termos de tempo, energia e foco científico da Joyce. Então, é muito bom sermos capazes de retribuir de uma forma pequena e dar a estas filmagens um propósito científico e educacional para além dos programas de TV, enriquecendo a compreensão e a apreciação dos elefantes pelo mundo.”


À medida que o interesse pela inteligência e as emoções dos animais não humanos cresce na comunidade científica e no público em geral, o Etograma do Elefante lembra-nos da extraordinária complexidade e beleza dos elefantes, a maior espécie de animais terrestres do mundo. A Dra. Poole afirma: “Pretendemos que o Etograma do Elefante seja um repositório para estudos científicos e comparações e inspire um interesse mais amplo no comportamento, conservação e bem-estar dos elefantes.”


A Dra. Poole afirma que nos 45 anos desde que os seus estudos começaram, enormes mudanças afectaram a vida dos elefantes. “É urgente documentar o comportamento natural e a comunicação gestual e acústica desta espécie complexa, inteligente e carismática. Os elefantes estão à beira de mudanças potencialmente catastróficas, com o seu modo de vida e a sua própria existência, ameaçados pela nossa própria espécie. Esperamos que o Etograma do Elefante lembre às pessoas o que será perdido se não mudarmos de rumo.” (Moz24h)


48 visualizações0 comentário