Diretora do FMI recomenda: "Não escondam as dívidas como Moçambique"


A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) está preocupada com a acumulação de dívidas na África subsaariana. Em entrevista à DW durante a Conferência de Segurança de Munique, Kristalina Georgiewa pediu mais transparência e boa gestão. E também chamou a atenção para os investidores privados que atuam de "forma agressiva" em ambientes de alto risco. (ver a entrevista neste link https://www.dw.com/pt-002/diretora-do-fmi-recomendan%C3%A3o-escondam-as-d%C3%ADvidas-como-mo%C3%A7ambique/av-52432167)

Aos 66 anos, a economista búlgara, que cresceu sob o comunismo, é a primeira pessoa originária de um país emergente a assumir a direção do Fundo Monetário Internacional (FMI). Kristalina Georgieva assume por um mandato de 5 anos, substituindo a francesa Christine Lagarde. Especialista do desenvolvimento e de questões ambientais, a crise argentina será sua prioridade n° 1 à frente do FMI.

Kristalina Georgieva era a única candidata ao cargo de diretora-gerente do Fundo Monetário e sua nomeação foi formalmente validada pelo conselho de administração na quarta-feira (25) da semana passada. Após a indicação, ela reconheceu o período dificil que atravessa a economia global.

"É uma enorme responsabilidade estar à frente do FMI em um momento em que o crescimento econômico global continua a desapontar, as tensões comerciais persistem e a dívida está em níveis historicamente altos", afirmou em comunicado.

Nesse contexto, ela acredita que a instituição que vai dirigir também deve “lidar com questões como desigualdades, riscos climáticos e rápidas mudanças tecnológicas". Georgieva herda o comando de uma instituição afetada pelo aumento do populismo nas economias avançadas e pelos crescentes conflitos comerciais - o maior deles impulsionado pelos Estados Unidos, principal acionista do FMI. (Moz24h e agencias)

346 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI