• estaciosvaloi

Definição do quadro de desenvolvimento sustentável da Vila de Gorongosa



O Conselho Municipal da Vila da Gorongosa em parceria com o Parque Nacional da Gorongosa (PNG) e a ONU-Habitat organizou esta semana um seminário para definição do quadro de Desenvolvimento Sustentável da mesma. Com base na caixa de ferramentas de Planeamento Urbano Incremental Participativo (PIUP) da ONU-Habitat, realizou-se na Vila de Gorongosa um Seminário participativo em duas fases, uma presencial e uma online.


Dando início a implementação destas, seguiu-se com a primeira parte deste seminário de 3 dias com o objectivo de apoiar o Município da Vila Gorongosa na definição da sua Visão de Desenvolvimento Sustentável para 2030, tendo em conta as várias dimensões do desenvolvimento sustentável, as agendas globais relevantes e estratégias e planos nacionais e locais.


Devido à sua morfologia e condições geográficas, Moçambique ocupa o 10º lugar entre os países mais vulneráveis ao risco de desastres (Relatório de Risco Mundial 2014). A área central de Moçambique, em particular a província de Sofala, sofreu vários choques nos últimos 5 anos. Em particular, a agitação civil, a seca em 2015 e 2016 e finalmente o Ciclone Idai em 2019 que afectou directamente a segurança alimentar e a geração de renda das famílias que vivem na província.


O ciclone Eloise e a tempestade tropical Chalane também afectaram as mesmas áreas entre o final de 2020 e o início de 2021, apresentando desafios adicionais ao governo local e às comunidades locais. Neste contexto, o Município da Gorongosa é um dos principais centros da Zona Tampão do Parque Nacional da Gorongosa na Província de Sofala e está periodicamente exposto a estas ameaças. Durante o seu discurso de abertura o Presidente do Conselho Municipal da Vila da Gorongosa, disse que o plano inicial para tornar a Vila da Gorongosa numa Vila Modelo consiste em investir nas infraestruturas socias: nas escolas, nos hospitais, vias de acesso e também na protecção eficaz do meio ambiente durante o processo.


Sabete Ericha Morais, Presidente do Conselho Municipal da Vila da Gorongosa, durante o seu discurso de abertura. A Seminário foi tanto uma iniciativa de capacitação quanto uma actividade voltada para resultados. A abordagem foi totalmente participativa, com o envolvimento de várias instituições e parceiros activos no território. Os resultados do Seminário irão permitir o desenvolvimento do Quadro de Desenvolvimento Sustentável da Gorongosa, que será posteriormente consolidado após o evento, acompanhado de recomendações estratégicas para o planeamento e desenvolvimento sustentável e será finalmente validado com todos os participantes envolvidos.


Após este seminário obtiveram-se os seguintes resultados: 1:A Visão de Desenvolvimento Sustentável da Vila Gorongosa está definida, concordada e consolidada. 2:A Roda do Desenvolvimento Sustentável está desenvolvida de forma participativa (vero exemplo de Bahir Dar) 3:O primeiro esboço do Quadro para o Desenvolvimento Sustentável da Vila Gorongosa foi desenvolvido. (Moz24h)

22 visualizações0 comentário