CP da Frelimo condena ataques de terroristas em Cabo Delgado e sáuda Filipe Nyusi


Reunida na sua quadragésima quarta-sessão ordinária, a Comissão Política da Frelimo, o órgão mais importante do partido no intervalo dos comgresos, condenou os ataques terroristas que assolam Cabo Delgado desde 5 de Outubro de 2017. Para não variar, a CP, saudou o Presidenta da República (e do Partido), Filipe Nyusi, pelo seu informe dos 100 dias de governação e encorajou-o a prosseguir com firmeza os propósitos e objectivos estabelecidos no Programa Quinquenal do Governo, não obstante as adversidades com que o país se debate


"A Comissão Política da Frelimo condena os ataques às populações, a pessoas indefesas e a destruição de bens públicos e privados protagonizados por grupos de terroristas, em alguns distritos da província de Cabo delgado."

Em comunicado, a Comissão Política exorta o governo a continuar a tomas medidas enérgicas face a ameaça à soberania de Moçambique.  Aquele órgão condena ainda o massacre de 52 jovens na aldeia de Xitaxi, no distrito de Muidumbe e apresenta as mais sentidas condolências.  A Comissão Política saúda as Forças de Defesa e Segurança (FDS) que arduamente trabalham na defesa da soberania e da integridade do país e encoraja-as a continuarem a manter o alto grau de prontidão da manutenção do clima de tranquilidade, ordem e segurança públicas, em defesa do bem-estar dos moçambicanos. (Moz24h)  

79 visualizações0 comentário