COVID-19: Fraudes através do telefone celular aumentam no país


O Instituto Nacional de Comunicações de Moçambique (INCM), Autoridade Reguladora das Comunicações, informa a todos os consumidores e utilizadores dos serviços públicos e privados das comunicações que, no país, tem crescido, nos últimos momentos, e de

forma exponencial, o número de casos de burlas com recurso ao telefone celular.

"Crimes de vária ordem, como a extorsão de valores com promessas de emprego, através de contas bancárias, bem como de contas de moeda electrónica (MPesa, mKesh e e-Mola), incluindo as da Internet, têm sido recorrentes. Esquemas de burla, com a ajuda dos quais certas pessoas se fazem passar por gestores de contas bancárias e de portadores de encomendas" acrescem-se às situações acima relatadas.

Assim, o INCM alerta a estas situações, entre outras, principalmente quando se recebe chamadas ou mensagens de pessoas estranhas, e apela a todos os consumidores e utilizadores de serviços de comunicações para que estejam atentos e colaborem na denúncia dessas burlas e de outros crimes praticados via telefone celular, visando o seu

desmantelamento, bem como o reforço da segurança do cidadão. (Moz24h)

39 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI