COVID-19: CTA preve que empresas nacionais poderão perder mais de 350 milhões de dólares


Um estudo feito pela Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) indica que, se a actual situação imposta pela pandemia do COVID, nos próximos meses, as empresas poderão perder cerca de 355 milhões de dólares americanos.

Eduardo Sengo, director-executivo da CTA, diz que os dados não incluem os mega-projectos. “Estão as pequenas e médias empresas,” que perdem receitas e “têm um nível de obrigações, que estimamos em cerca de 280 milhões de dólares”, diz Sengo.

Turismo, transportes e agriculturas são os sectores mais fustigados por esta crise, com potencial de forçar a paralisação de empresas. O director executivo da CTA não especificou números, mas confirmou que a situação está a tornar-se insustentável e que as autoridades governamentais já têm conhecimento de tudo, estando, neste momento, em discussão alternativas desolução (Moz24h)

25 visualizações0 comentário