Comandante sul-africano dirige força da SADC em Moçambique


Desconhece-se, por agora, a data de chegada da Força em Estado de Alerta a Cabo Delgado

MAPUTO — Um general sul-africano vai dirigir a Força em Estado de Alerta da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) destacada para combater o terrorismo na província moçambicana de Cabo Delgado. A notícia é do boletim informativo do Centro para a Democracia em Desenvolvimento (CDD), que no detalhe diz que a referida força regional tem já autoridade para intervir militarmente em Cabo Delgado. Os documentos para o efeito, segundo o CDD, foram entregues na semana passada pela secretária executiva da SADC, Stergomena Lawrence Tax, ao comandante sul-africano, cujo nome não foi revelado. A missão militar da SADC vai inicialmente durar três meses, tendo um orçamento de 12 milhões de dólares para acções de infantaria, força aérea e marinha. Não é conhecida a informação oficial sobre a data chegada a Moçambique da mesma força. A SADC havia anunciado que tal processo iniciaria a 15 deste mês. No terreno, já estão forças ruandeses, oficialmente com a mesma missão de combater o terrorismo. (VoA)

74 visualizações0 comentário