Comandante da 2ª esquadra que liderava despejo da esposa do ministro na mira da PGR


A Procuradoria Geral da República (PGR) ao nível da Cidade de Maputo terá decidido abrir um inquerito e processar Nelson Pedro comandante da 2ª esquadra da República de Moçambique que expos ao ridiculo a instituição ao agir a soldo de agendas ocultas e beliscar ainda mais a reputação do ministerio do Interior.

A acção da instituição que zela pela legalidade começou após a viralização da acção policial ter sido exposta.

O Moz24h apurou que o processo terá sido mandado instruir pela procuradora chefe da cidade Tassia Martins. Ao Moz24h ela disse “que não tratava esses assuntos ao telefone” . Contundo não se podia esperar uma outra atitude da PGR. Apesar de exemplos demostrados é preciso que se faça valer o Estado de Direito e Democrático e que ninguém esteja acima da lei. (Moz24)

1,910 visualizações0 comentário