Co'licença Juma Aiuba!!


Por Luis Nhachote


Num certo dia contestava sobre a inundação de textos do Juma Aiuba que me eram reenviados pelo Whatsaap. Dizia eu, que isso era um enorme desperdicio de tempo por parte dos reenviantes, pois tenho o previlegio de receber o expediente da Carta de Moçambique, directamente do próprio Marcelo Mosse todas as manhãs no meu aparelho de "telele".

Conheci-o na primavera do inicio do século que esta a piscar para a terceira década. Entre o jornalismo e as causas associativas, tivemos os nossos primeiros encontros na sede do Centro de Estudos Moçambicanos e Internacionais (CEMO), um Think Tank em hibernação desde que o seu principal mentor, Manuel de Araujo foi emprestado para a politica.

Em certa ocasião, sede e fórum próprio, o Juma não se fez de rogado e pediu o Co´licença para apontar sobre os sinais perigosos da "tribalização da organização" que teimavam em emergir como as ervas daninhas.

Entre tantas outras memórias dos anos da peste, em Dezembro tive a oportunidade de o reencontrar, em Nampula onde estivemos em conversa, onde foram convocados os membros da sátira saudavél e falamos de Pebane a Nangade, de Zobue a Manjacaze, de Funhalouro a Gorongoza.

Penteados os assuntos nacionais, desembocamos naturalmente sobre o nome que deve ser emprestado aos MAMBAS. Como também lamentamos sobre o incendio que se abateu sobre uma casa de serviços essenciais na capital do norte.

Hoje como uma outra bomba letal, chega a noticia da sua morte prematura. Ate sempre Juma Aiuba.

154 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI