Cinco presos abatidos durante motim numa prisão em Moçambique



Director da Penitenciária de Milanje disse que dois detidos que pretendiam fugir foram mortos no local e os restantes três a caminho do hispital devido aso ferimentos

Maputo — Cinco presos foram mortos na noite de segunda-feira, 13, na Penitenciária de Milanje, na província moçambicana da Zambézia, no meio de um motim.

O director do estabelecimento prisional disse à Televisão de Moçambique (TVM), nesta terça-feira, 14, que os cinco reclusos tentavam fugir quando foram atingidos.

"A incursão era séria e como forma de evitar o pior foram alvejados alguns que já estavam a realizar a intentona", confirmou José dos Santos. Ele contou que um guarda prisional começou por fazer disparos para o ar, mas dois dos prisioneiros foram depois "atingidos mortalmente no terreno, três ficaram feridos com gravidade e houve dois feridos ligeiros". Os três que foram alvejados gravemente morreram caminho do hospital. Os três feridos graves morreram ao serem transportados para o hospital. No momento do motim, a penitenciária, que tem 282 detidos para uma capacidade de 150, era vigiada por apenas dois guardas. O Governo não se pronunciou ainda nem famíliares das vítimas. (VOA)

214 visualizações0 comentário