Cinco extremistas abatidos em Macomia


As Forcas de Defesa e Seguranca (FDS) na companhia das forças especiais do SADC e Ruanda, abateram cinco homens pertencentes ao grupo extremista em Cabo Delgado, distrito de Macomia. Este combate aconteceu no passado sábado dia 5 de Fevereiro de 2022.

De acordo com fontes militares, o episódio ocorreu próximo da subida (Oliveira) na aldeia Zambézia onde em 2020 a força conjunta abateu um dos líderes do grupo terrorista de nome Njorongwe.

”Estávamos a fazer uma patrulha habitual quando fomos emboscados. Eram cinco homens e abatemos todos eles.” Disse a fonte.

Entretanto, esta emboscada resultou também da morte de um membro das FDS.

Enquanto isso, a população da Ilha Matemo está a fugir por causa da presença de terroristas que circulam arredores das aldeias e estão acampados nas matas numa zona distante dos militares, como relata a fonte.

“Estamos a fugir de casa porque temos medo de ser mortos pelos terroristas. Eles estão aqui em Matemo, têm passado nas aldeias para nos amedrontar. As vezes fazem ameaças. “ Disse a fonte.

Para além disto, a fonte relatou também o seguinte: “Os militares sabem que os Al Shabaab estão acampados numa mata distante dos militares, mas estão a espera que estes façam algum ataque para agirem. Eles sabem sabem que têm nos roubado nas machambas e nos fazem ameaças, nós como povo comunicamos. Achamos melhor sair antes que seja tarde demais. Temos medo. Já morremos muitos.” Acrescentou ainda.

Os ataques na província de Cabo Delgado tiveram início em Outubro de 2017, resultando assim mais de 1.0000mortos. Neste combate, as FDS contam com o apoio do Ruanda e SADC. (M.Q.Langa)

518 visualizações0 comentário