Ciclone GOMBE em Nampula: Sobe para 48, o número de óbitos



Subiu para 48, número de óbitos em consequência da passagem do ciclone tropical Gombe que fustigou semana passada a província de Nampula.

As últimas trinta e uma mortes que somam assim aos outros dezassete óbitos, reportados até na manhã desta quarta-feira, pelas autoridades governamentais, foram registados no Posto Administrativo de Lunga, em Mossuril, uma região que ainda continua isolada do resto do distrito e da província de Nampula, na sequência da danificação da única via de acesso para a região. A informação foi confirmada pelo Secretário de Estado de Nampula que esta quarta-feira deslocou-se via marítima ao Posto administrativo de Lunga que durou cinco horas, que descreve de dramática a situação, uma vez que, segundo ele, até ao momento as lideranças comunitárias locais continuam a fazer o levantamento dos danos causados pelo ciclone. Refira-se que desde a passagem do ciclone as autoridades governamentais não tinham nenhuma informação a respeito da passagem do mau tempo naquele ponto do distrito de Mossuril, devido ao corte das comunicações e das vias de acesso. Além de óbitos, o ciclone Gombe destruiu em Lunga, o centro de saúde local, casas, escolas, campos agrícolas, vias de acesso, entre várias infra-estruturas. Neste sentido, as autoridades do INGD asseguram que vão assistir as famílias afectadas, segundo Alberto Armando, delegado daquela instituição.(RM)

35 visualizações0 comentário