Cerca de mil ex-guerrilheiros da Renamo sem pensão há seis meses



Maputo, 10 ago 2021 (Lusa) - Um total de 989 antigos guerrilheiros da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, não recebem pensões há seis meses, indicou o secretário-geral da organização, André Majibire, responsabilizando o Governo pela situação.

29 visualizações0 comentário