"Caso LAM" sentença será proferida próxima semana


A sentença do Caso LAM, em julgamento desde 10 de Março, será conhecida na próxima terça-feira, dia 24.

O caso tem como réus o ex-Presidente da Comissão Executiva das Linhas Aéreas de Moçambique, António Pinto, o antigo Director Financeiro da LAM, Hélder Fumo, e a antiga Directora-geral da Moçambique Executive, Sheila Temporário.

Os três são acusados pelo Ministério Público de desvio de cerca de 50 milhões de meticais da empresa Linhas Aéreas de Moçambique, por via de dois contratos para provisão de serviços de marketing pela Moçambique Executive, em 2016 e 2017.

O representante do MP na acusação, João Nhane, pediu ontem nas alegações finais a condenação dos três réus por entender que se aproveitaram do cargo para obter benefícios próprios.

Já Hélder Matlaba, advogado do antigo Director Financeiro da LAM, Hélder Fumo, pediu a absolvição do seu constituinte por entender que não ficou provado que os antigos gestores agiram com o objectivo de prejudicar a empresa.

Por seu turno, Abdul Gani, advogado de Sheila Temporário, defendeu que o processo foi mal instruído por parte do Ministério Público. (Moz24h)

0 visualização

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI