Câmara Africana de Energia e Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás juntas no conteúdo local


Câmara Africana de Energia e Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás concordam em trabalhar no desenvolvimento de conteúdo local


Moçambique tem uma oportunidade única de impulsionar o seu crescimento económico através do desenvolvimento sólido dos seus recursos naturais


JOANESBURGO, África do Sul, 21 de julho de 2020 / - A Câmara Africana de Energia (www.EnergyChamber.org) e a Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás (CPGM) assinaram um acordo de cooperação para apoiar o desenvolvimento de conteúdo local em Moçambique e a atração investimentos em segmentos-chave do setor de energia do país.

Com projetos de GNL multibilionários em construção, incluindo Coral South FLNG e Mozambique LNG, o país está a caminho de se tornar um mercado global de gás e uma fronteira energética africana competitiva. Desenvolvimentos em andamento e futuros em potencial, como o Rovuma LNG, têm o potencial de transformar a economia moçambicana não apenas pela geração de receitas para o estado, mas também pela monetização do gás doméstico nas indústrias. Como é o caso de outros futuros produtores africanos, como Senegal ou Uganda, Moçambique tem uma oportunidade única de impulsionar seu crescimento econômico através do desenvolvimento sólido de seus recursos naturais. No entanto, essa jornada será bem-sucedida apenas se for benéfica para a economia local, bens e serviços locais e criação de empregos locais. Somente construindo capacidade doméstica, promovendo um ambiente favorável aos investidores e adotando as melhores práticas da indústria, Moçambique poderá se tornar a fronteira energética que o continente espera.

Para ajudar a nascente indústria de hidrocarbonetos de Moçambique a desenvolver capacidade, desenvolver modelos de negócios sustentáveis ​​e atrair investimentos, a Câmara Africana de Energia assinou um acordo de cooperação com a recém-criada Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás. Ambas as instituições concordaram em unir seus recursos e esforços para apoiar transferências de tecnologia, atrair investimentos em toda a cadeia de valor e promover joint ventures e parcerias entre empresas locais e empresas regionais e internacionais.

“Moçambique já deu um exemplo de política e governança sólidas, razão pela qual as decisões finais de investimento foram adotados com sucesso e os principais projetos de infraestrutura estão em construção no momento. No entanto, a verdadeira sustentabilidade virá do valor local gerado por esses desenvolvimentos. A Câmara Africana de Energia aplaude o Governo de Moçambique por tomar todas as iniciativas para aumentar a capacidade doméstica e pretende trabalhar em estreita colaboração com o setor privado através da sua parceria com a Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás para oferecer todo o apoio possível ao desenvolvimento da indústria de gás de Moçambique , Declarou Nj Ayuk, Presidente Executivo da Câmara Africana de Energia.


“A Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás está crescendo rapidamente para representar o setor privado de Moçambique e defender o desenvolvimento sustentável de nossas reservas de hidrocarbonetos. Acreditamos que parcerias e um forte diálogo público-privado serão o que tornarão o desenvolvimento de nossa indústria um sucesso e criarão empregos para mulheres e homens moçambicanos. Esperamos ansiosamente nossa cooperação com a Câmara Africana de Energia e alavancar sua rede global para promover Moçambique como destino de investimento em energia ”, afirmou Florival Mucave, Presidente da Câmara Moçambicana de Petróleo e Gás. (Moz24h)

29 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI