BdM reduz coeficientes das reservas obrigatórias em moedas nacional e estrangeira




O Banco de Moçambique (BM) vai reduzir, em 150 pontos base, os coeficientes das reservas obrigatórias em moedas nacional e estrangeira, a partir do dia 07 de Abril próximo.

A medida visa libertar a liquidez para que o sistema bancário enfrente, com maior resiliência os impactos macroeconómicos da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, de acordo com um comunicado do Banco Central.Com esta redução, o Coeficiente de reservas obrigatórias para os passivos em moeda nacional passa para 11.50%, e para os passivos em moeda estrangeira passa para 34.50%. ( RM)A medida visa libertar a liquidez para que o sistema bancário enfrente, com maior resiliência os impactos macroeconómicos da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, de acordo com um comunicado do Banco Central.Com esta redução, o Coeficiente de reservas obrigatórias para os passivos em moeda nacional passa para 11.50%, e para os passivos em moeda estrangeira passa para 34.50%. ( RM)

20 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI