BdM reduz coeficientes das reservas obrigatórias em moedas nacional e estrangeira




O Banco de Moçambique (BM) vai reduzir, em 150 pontos base, os coeficientes das reservas obrigatórias em moedas nacional e estrangeira, a partir do dia 07 de Abril próximo.

A medida visa libertar a liquidez para que o sistema bancário enfrente, com maior resiliência os impactos macroeconómicos da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, de acordo com um comunicado do Banco Central.Com esta redução, o Coeficiente de reservas obrigatórias para os passivos em moeda nacional passa para 11.50%, e para os passivos em moeda estrangeira passa para 34.50%. ( RM)A medida visa libertar a liquidez para que o sistema bancário enfrente, com maior resiliência os impactos macroeconómicos da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, de acordo com um comunicado do Banco Central.Com esta redução, o Coeficiente de reservas obrigatórias para os passivos em moeda nacional passa para 11.50%, e para os passivos em moeda estrangeira passa para 34.50%. ( RM)

31 visualizações0 comentário