Banco de Moçambique garante estabilidade após suspensão do Standard Bank


O Banco de Moçambique garantiu ontem que o sistema financeiro moçambicano continua "estável e sólido", após a suspensão preventiva do Standard Bank em todas atividades que envolvam a conversão de moeda estrangeira no mercado cambial.

"O Banco de Moçambique comunica ainda que as operações cambiais decorrem com normalidade e que o sistema financeiro, no geral, continua estável e sólido", refere uma nota de imprensa da instituição divulgada ontem ao final do dia.

No dia 23 de junho, o banco central moçambicano anunciou a suspensão do Standard Bank do Mercado Cambial Interbancário e, no dia seguinte, a abertura de três "processos de contravenção" contra aquela instituição bancária e dois dos seus colaboradores.

"Com vista a salvaguardar os interesses dos clientes do Standard Bank, a continuidade do negócio está a ser assegurada pelos restantes bancos que operam no país, sob orientação e esclarecimento do Standard Bank", refere a nota de hoje.

A decisão do banco central moçambicano surge na sequência das "constatações apuradas durante a inspeção on-site em curso", acrescenta a nota, sem mais detalhes sobre as causas da suspensão.

Dados do banco central moçambicano divulgados em abril apontavam o Standard Bank como o terceiro na lista dos três bancos de importância sistémica em Moçambique, numa lista liderada pelo Banco Comercial e de Investimentos (BCI) e em que o Banco Internacional de Moçambique (Millennium Bim) está na segunda posição.

No rácio que mede a importância para o setor, rotulada com a sigla inglesa D-SIB, o BCI encabeça a lista com 278 pontos, seguindo-se o Millennium Bim com 257 e o Standard Bank com 159. (NM)

73 visualizações0 comentário