Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique cancelou o registo de vários operadores de microcrédito, proibindo os gestores e proprietários de exercer a atividade, indica uma nota oficial.


© Lusa


A nota, publicada no site da instituição, indica que um total 15 instituições tiveram a sua licença cancelada, mas não avança as causas da decisão.


A lista de instituições que viram a suas licenças revogadas integra a RLX Microcrédito, a Tchizenda Microcrédito, Prosap Microcrédito, Kuchukuro Créditos, Nathau Microcréditos, Microcréditos Essência, Grémio Microcréditos, Lenira Microcréditos, Sezinai Microcréditos, Bom Microcrédito, Ecocréditos, Khulula Microcréditos, Canaã Microcrédito, Txeneca Microcrédito e Microcrédito Capital Giro.


Desde que chegou ao cargo, em 2016, o governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela, tem defendido reformas e disciplina fiscal para fortalecer o sistema bancário moçambicano, tendo, desde aquele ano, várias instituições de crédito sido penalizadas por irregularidades. (NM)

58 visualizações0 comentário