Banco Único passa à NedBank


O grupo financeiro sul-africano Nedbank concluiu nesta segunda-feira (28/06) a aquisição do Banco Unico. Desde 2020, o Nedbank detém 87 por cento das ações do Banco Unico. Agora, numa cerimónia em Maputo, o banco mudou a sua denominação para NedBank-Moçambique.


De acordo com o presidente da Comissão Executiva do banco, Joel Rodrigues, o Nedbank-Moçambique pretende tornar-se “um parceiro de referência” para os grandes negócios em Moçambique. Espera que os investidores o escolham para financiar projectos em recursos naturais, infraestruturas, indústria e agricultura.

“Para as empresas, prometemos ser um parceiro de referência no seu dia-a-dia, financiando as suas actividades e os seus projectos de investimento”, disse Rodrigues.

“Teremos um foco especial nas grandes e médias empresas, e apresentaremos soluções sectoriais para recursos naturais: para gás natural, areias pesadas, entre outros; para o desenvolvimento de infraestruturas, sejam elas infraestruturas energéticas, de transportes, portuárias ou industriais; bem como continuar a apostar na indústria transformadora, sem esquecer a agricultura”.

“A mudança de nome reconhece a importância dos negócios em Moçambique”, disse o executivo-chefe do Nedbank para África, Terence Sibiya. “Para nós, como grupo, demonstra o nosso empenho em nos tornarmos líderes no sector financeiro moçambicano.

O grupo Nedbank, através da sua aliança com o grupo Ecobank, está representado em 39 países. (in AIM)

53 visualizações0 comentário