BA´s “desfilaram” no 7 de Abril em aldeias de Muidumbe e Mocimboa


Por Nazira Suleimane


Depois desta segunda-feira dia 06 de Abril de 2020, os bandidos armados terem atacado as aldeias de Menguelewa e Chitunda, distrito de Muidumbi, ontem dia 7 de Abril, estiveram em incurssões a imporem a lei do terror perante a apatia do Estado no seu sacramental dever plasmado no hino. “Nenhum tirano nos irá escravizar.

Ontem, fontes do Moz24h relataram-nos que os bandidos armados, saidos das aldeias retromencionadas, dirigiram-se até Mocimboa da Praia, onde na aldeia de Nabubuce foram vistos primeiro 5 homens armados a circularem, e minutos depois mais 10 homens que estavam divididos em grupo de 5 a cada lado da estrada e o branco de grande estava no meio deles com uma lanterna como se estivessem a protege-lo de qualquer coisa.

A população vendo eses homens, entrou em pânico e começou a por-se em fuga para as matas, más estes homens os mandaram ficar em casa, e ainda lhes disseram que se por acaso acompanharem algum disparo, que ficassem nas casas por questões de segurança porque o grupo alvo destes ataques seriam militares e policias.

Dito isto, a população não teve escolha se não obedecer, mas não houve ataque naquela zona, os bandidos armados foram e regressaram como se estivessem a fazer algum estudo ou vistoria uma vez que há militares proximo ao estaleiro daquela área,

" os primeiros 5 foram saindo daquela entrada de Chitunda, os outros 10 com o branco estão do lado de tráz do estaleiro e os militares estavam no meio, já tinham os cercado, mas não atacaram apenas deram essas voltas e saíram sem que os militares se apercebessem que eles estavam na zona." Disse a fonte

“Não estamos seguros, vivemos todos dias com medo, e não percebemos as causas desses ataques. Ora um dia eles matam a população, ora querem proteger a população, e os nossos militares não conseguem lutar contra estes bandidos. Isto é demais para nós”, acrescentou ainda, a nossa fonte.

Estes ataques em Cabo Delgado estão acontecer desde 2017 e até então não se sabe quem está por detrás dos mesmos como sempre diz o governo. É de salientar que em Tchinga houve um ataque na manha de ontem, da qual o Moz24h ainda esta ainda a apurar os dados

Em 24h, os bandidos armados atacaram 2 aldeias, e circularam numa outra, e no dia seguinte, ontem terça-feira dia 07 de Abril de 2020 entraram noitra aldeia onde desfilaram a dua classe a vontade. Estes actos demostram a fragilidade da segurança da parte das forças e de defesa de Moçambique, e aos bocados a provincia de Cabo Delgado está a ser tomada por desconhecidos.

436 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI