BA´s desfilam em Muidumbi, queimam igreja católica e destroem bens públicos



Por Nazira Suleimane

Continua a escalada de ataques a aldeias e sedes distritais por parte dos Bandidos armados que vem intesificado a sua presença em Cabo Delgado diante da apatia das forças Armadas de Defesa e Segurança. Nos últimos quatro dias, os "malfeitores" de acordo com o novo léxico poicial, atacaram sete aldeias, no distrito de Muidumbi, incluindo bens do Governo. Um caso particular na aldeia de Muambula, onde está a Missão de Nangololomas que foi totalmente destruida pelos mesmos.

O povo daquela aldeia continua escondido nas matas por conta desses terroristas que vêm causando terror e pânico em Cabo Delgado desde Outubro de 2017 com excessão ás casas dos missionários o qual não foram invadidas, nem tocadas e algumas casas da população também escaparam da destruição embora a maior parte foi destruida, a igreja Catolica foi queimada, os bancos e outros bens que estavam dentro da igreja também foram destruidos e não se sabe de certo os estragos causados. Saquearam bens e alimentos de populares, insultaram o nome de Cristo gritando que o Islão é ùnica religiao e é importante que todos sigam o mesmo.

Os bandidos armados foram as instalações do governo local na vila sede do distrito, onde gritavam Bandidos armados atacaram em sete aldeias nos ùltimos quatro dias, no distrito de Muidumbi, onde fizeram vários desmandos queimando aldeias, destruindo bens do Governo. Um caso particular na aldeia de Muambula, onde está a Missão de Nangololomas que foi talmente destruida pelos mesmos. O povo dequela aldeia ainda continua escondida nas matas por conta desses terroristas que vêm causando terror e pânico em Cabo Delgado desde Outubro de 2017 com excessão ás casas dos missionários o qual não foram invadidas, nem tocadas e algumas casas da população também escaparam da destruição embora a maior parte foi destruida, a igreja Catolica foi queimada, os bancos e outros bens que estavam dentro da igreja também foram destruidos e não se sabe de certo os estragos causados. Saquearam bens e alimentos de populares, insultaram o noe de Cristo gritando que o Islão é ùnica religiao e é impirtante que todos sigam o mesmo.

Segundo fontes no distrito de Muidumbe, os bandidos armados foram as instalações do governo local na vila sede do distrito, onde gritavam Allahu Akbar disparando contra os bens e destruiram tudo do Estado. A população não terá sido poupada, uma vez que não terá havido uma colaboração para uma conversa como aconteceu no distrito de Mocimboa da Praia o que os deixou muito nervosos. Fontes ouvidas pelo Moz 24h, afirmam que os bandidos armados queimaram viaturas, casas da população. Até então, não se sabe ao certo quantos pessoas terão sido mortas e feridas neste último ataque em Muidumbi.

"Nós estamos nas matas com medo de sair, querem obrigar-nos a sermos muçulmanos, nòs makondes somos cristãos, comemos e gostamos da carne de porco. Onde o nosso governo está agora? Estamos mal em fim, acreditamos que fomos vendidos por conta da riqueza nessa província." Disse a fonte que se encotra refugiada nas matas.

A infraestrutura da agência do banco BCI, foi uma das infraestruturas destruida em Muidumbi, mas com algo novo feito pelos bandidos armados, pois eles deixaram uma mensagem na parede ao lado da placa onde está escrito Agência de Muidumbi inaugurado por Jùlio José Parruque, entáo Governador da província de Cabo Delgado, a 14 de Novembro de 2018 ao seu lado a escrita muito legivel na parede daquela agencia feita pelos bandidos armados: DINHEIRO É DE AL-SHABAABY (GOVERNO ISLAMISTA), ESTADO ISLÂMICO EM TODO O MUNDO. (Moz24h)

81 visualizações

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI