Autárquia de Quelimane promove a primeira feira internacional do livro


O Conselho autárquico de Quelimane promove, a partir da próxima quinta-feira, dia 3 a 5 de junho as actividades do pré-lançamento da 1a edição da Feira Internacional do Livro, a ter lugar entre os dias 4 e 8 de Agosto de 2021, em homenagem ao poeta Armando Artur.

Segundo um comunicado de imprensa do Conselho Autárquico de Quelimane, além de atractivos indispensáveis para os amantes de livros e da literatura, a primeira edição da Feira Internacional do Livro de Quelimane, abre uma oportunidade perfeita para visitar a cidade capital da província da Zambézia, trocar experiências e conhecer autores nacionais e internacionais.

A cidade de Quelimane sediará, entre os dias 4 e 8 de Agosto, a primeira edição da Feira Internacional do Livro, que traz o tema “Literatura e Viagem”, e pela primeira vez a cidade receberá um evento internacional que além dos livros, leva atracções musicais, debates,

lançamentos, oficinas de escrita e contadores de estórias.

Trata-se da primeira edição do evento internacional, que inicia com o pré-lançamento a decorrer entre os dias 3 e 5 de junho, e que acontece um mês antes da feira, como forma de divulgar e promover o grande evento do livro a ter lugar entre os dias 4 a 8 de Agosto do ano em curso.

O poeta moçambicano Armando Artur, presença garantida nas actividades do pré-lançamento da 1a edição da Feira Internacional do Livro, junto com outros autores também confirmados como Bento Baloi, Rassul Nobre, Ló Chi, Dany Wambire, Pedro Pedreira Lopes,

Sónia Sultuane, Hirondina Joshua, Lino Mukuruza, Josina Viegas e Helder Libelela (Moçambique), Sílvia Alves, Ana T, Rocha, Nuno Gomes Garcia (Portugal), Alexandre dos Santos, Jéssica Ziegler, Lau Siqueira, Amanda Vital, Eliane Debus, (Brasil), Julieta Valentim, Agostinho Gonçalves João, Amélia Dalomba (Angola).

As sessões com escritores e outros convidados vão realizar-se de forma híbrida (presencial e virtual) no salão nobre do Conselho Autárquico.

Já no espaço da feira e em permanência, estará patente a exposição de várias editoras e livrarias nacionais.

17 visualizações0 comentário