Ataques terroristas em Cabo Delgado prejudicam sector bancário de Moçambique


Os ataques terroristas em Cabo Delgado no extremo norte de Moçambique estão a comprometer as metas de bancarização no país. Preocupação manifestada pelo governador do Banco Central que sublinhou que os ataques provocam luto e deslocação massiva de populações no país

Sem rodeios, Rogério Zandamela revela o impacto dos ataques terroristas em nove distritos da província de Cabo delgado no extremo norte de Moçambique.

"Para além de semear luto e deslocação massiva das populações, leva ao encerramento de agências bancárias, comprometendo todo o esforço de bancarização da nossa economia".

Por outro lado, o governador do banco central, revelou que o PIB não deverá ultrapassar o crescimento para além de 4 porcento em 2021.

Rogério Zandameila, garantiu também todo trabalho será feito junto das instituições do governo para a implementação de medidas para assegurar a estabilidade macroeconómica e do sistema financeiro (RFI)

60 visualizações0 comentário

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI