Até sempre Daviz!


Por Luis Nhachote


Em Outubro de 2017, por via desta rede social, escrevi uma carta aberta a Daviz Simango. Nela, criticava os contornos de gestão turbulenta sobre o MDM, que culminaram no assassinato de Mahamudo Amurane, então Autarca de Nampula. No final desse dia, a carta tinha chegado ao destinatário, por via do Whatsaap. Da Beira, Daviz Simango, sem hesitações, pegou no seu celular e ligou-me. Eu tinha o seu número gravado no meu celular, mas nunca tinhamos falado antes. Falamos por cerca de meia hora e marcamos um chá, assim que surgisse a oportunidade, que náo chegou a acontecer.

O Reveredo Uria Timoteo Simango, seu pai, não chegou a sentar na cadeira da presidência da Frelimo, como rezavam os estatutos da Frente, em caso de vacatura, tal como aconteceu quando o lider Eduardo Mondlane, foi sucumbir em casa de Betty King, ali em Oyster Bay, em Dar-Es-Salaam. Ao seu pai, foi lhe imposto um duo, naquilo que históricamente é conhecido pelo “triunvirato”, da qual se juntaram Marcelino dos Santos e Samora Machel, no “Golpe palaciano” muito provavelmente para o “controlarem” ou até o assassinarem, como os algozes mais tarde vieram a fazer, deixando a si e seus irmãos órfãos e ostracizados até pelo grosso de uma sociedade doutrinada a conhecer os ‘porcos, maus e feios’, indicados pelo dedo indicador de homens que juraram aqui seria o tumúlo do capitalismo. Alguns desses homens, julgaram em Nachigwea e extrajudicialmente mandaram executar o seu pai. Nem se dignaram a entregar os restos mortais, para as familias realizarem os funerais, conformem rezam as tradições..

Hoje, como uma bomba, chega a noticia da sua partida. Até sempre Daviz! (Moz24h)


228 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Subscreva a nossa Newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI