Assinala-se hoje o Dia da Libertação da África Austral


Os países membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) comemoram hoje, 23 de Março, o Dia da Libertação da África Austral data dedicada a batalha de Cuito Cuanavale, em Angola, que foi decisiva para o fim do sistema do apartheid na África do sul.

A propósito da data, o Presidente da República, Filipe Nyusi, afirmou hoje em Montepuez, Cabo Delgado, que a vitória das Forças Armadas Angolanas (FAPLA) na batalha de Cuito Cuanavale, representou uma viragem decisiva na África Austral no sentido do progresso, da paz e da libertação dos povos africanos oprimidos pelo regime do apartheid. Filipe Nyusi sublinhou que muitos países abdicaram do conforto das suas independências, aceitando privações e sacrifícios porque não se consideravam independentes enquanto houvesse povos subjugados pelo colonialismo e por regimes minoritários. “Em 2020, ano em que Moçambique assumiu a presidência da SADC, completou 40 anos orgulhosa de conquistas que juntos alcançamos, sobretudo nas frentes política, social e económica. No sacrifício dos heróis da nossa região, vamos continuar a preservar a paz, não dando tréguas ao terrorismo e extremismo violento que nos quer roubar a estabilidade e os nossos projectos de construção de um estado, no quadro da visão 2020/2050 e no Plano estratégico indicativo de desenvolvimento regional 2020/2030”, disse o Presidente da República, falando em Montepuez Cabo Delgado, sobre o Dia da Libertação da África Austral que hoje se assinala (RM)

12 visualizações0 comentário