As últimas exonerações do governo de Filipe Nyusi de 2015


Segundo um comunicado da Presidência da República, o Presidente da República em exercício, Filipe Jacinto Nyusi, exonerou ontem, através de despachos separados, Carlos Agostinho do Rosário do cargo de Primeiro-Ministro; Jaime Basílio Monteiro do cargo de Ministro do Interior; Conceita Ernesto Xavier Sortane do cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

Nyeleti Brooke Mondlane do cargo de Ministro da Juventude e Desportos; Carmelita Rita Namashulua do cargo de Ministro da Administração Estatal e Função Pública; e Vitória Dias Diogo, do cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Ainda no pleno uso das suas competências, o Chefe do Estado moçambicano exonerou a momentos Raimundo Maico Diomba do cargo de Governador da Província de Maputo e Francisca Domingos Tomás do cargo de Governador da província do Niassa.

Ainda a momentos, o Presidente Filipe Nyusi exonerou, igualmente, Catarina Mário Dimande, do cargo de Conselheiro do Presidente da República.

Filipe Nyusi foi eleito em em Outibro último para segundo mandato presidencial e toma posse na próxima quarta-feira, dia 15 de Janeiro devendo logo a seguir formar novo governo.

É um dado adquirido que uma percentagem consideravél dos integrantes do actual governo possam vir a ser reconduzidos ou nomeados para outros ministérios no próximo governo. (Moz24h)

Segundo um comunicado da Presidência da República acabado de receber na nossa Redacçao, o Presidente da República em exercício, Filipe Jacinto Nyusi, acaba de exonerar através de despachos separados, Carlos Agostinho do Rosário do cargo de Primeiro-Ministro; Jaime Basílio Monteiro do cargo de Ministro do Interior; Conceita Ernesto Xavier Sortane do cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

Nyeleti Brooke Mondlane do cargo de Ministro da Juventude e Desportos; Carmelita Rita Namashulua do cargo de Ministro da Administração Estatal e Função Pública; e Vitória Dias Diogo, do cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Ainda no pleno uso das suas competências, o Chefe do Estado moçambicano exonerou a momentos Raimundo Maico Diomba do cargo de Governador da Província de Maputo e Francisca Domingos Tomás do cargo de Governador da província do Niassa.

Ainda a momentos, o Presidente Filipe Nyusi exonerou, igualmente, Catarina Mário Dimande, do cargo de Conselheiro do Presidente da República.

Filipe Nyusi foi eleito em em Outibro último para segundo mandato presidencial e toma posse na próxima quarta-feira (15Jan20), devendo logo a seguir formar novo governo.

É um dado adquirido que uma percentagem consideravél dos integrantes do actual governo possam vir a ser reconduzidos ou nomeados para outros ministérios no próximo governo. (Redacção)

Segundo um comunicado da Presidência da República acabado de receber na nossa Redacçao, o Presidente da República em exercício, Filipe Jacinto Nyusi, acaba de exonerar através de despachos separados, Carlos Agostinho do Rosário do cargo de Primeiro-Ministro; Jaime Basílio Monteiro do cargo de Ministro do Interior; Conceita Ernesto Xavier Sortane do cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

Nyeleti Brooke Mondlane do cargo de Ministro da Juventude e Desportos; Carmelita Rita Namashulua do cargo de Ministro da Administração Estatal e Função Pública; e Vitória Dias Diogo, do cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Ainda no pleno uso das suas competências, o Chefe do Estado moçambicano exonerou a momentos Raimundo Maico Diomba do cargo de Governador da Província de Maputo e Francisca Domingos Tomás do cargo de Governador da província do Niassa.

Ainda a momentos, o Presidente Filipe Nyusi exonerou, igualmente, Catarina Mário Dimande, do cargo de Conselheiro do Presidente da República.

Filipe Nyusi foi eleito em em Outibro último para segundo mandato presidencial e toma posse na próxima quarta-feira (15Jan20), devendo logo a seguir formar novo governo.

É um dado adquirido que uma percentagem consideravél dos integrantes do actual governo possam vir a ser reconduzidos ou nomeados para outros ministérios no próximo governo. (Redacção)

Segundo um comunicado da Presidência da República acabado de receber na nossa Redacçao, o Presidente da República em exercício, Filipe Jacinto Nyusi, acaba de exonerar através de despachos separados, Carlos Agostinho do Rosário do cargo de Primeiro-Ministro; Jaime Basílio Monteiro do cargo de Ministro do Interior; Conceita Ernesto Xavier Sortane do cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

Nyeleti Brooke Mondlane do cargo de Ministro da Juventude e Desportos; Carmelita Rita Namashulua do cargo de Ministro da Administração Estatal e Função Pública; e Vitória Dias Diogo, do cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Ainda no pleno uso das suas competências, o Chefe do Estado moçambicano exonerou a momentos Raimundo Maico Diomba do cargo de Governador da Província de Maputo e Francisca Domingos Tomás do cargo de Governador da província do Niassa.

Ainda a momentos, o Presidente Filipe Nyusi exonerou, igualmente, Catarina Mário Dimande, do cargo de Conselheiro do Presidente da República.

Filipe Nyusi foi eleito em em Outibro último para segundo mandato presidencial e toma posse na próxima quarta-feira (15Jan20), devendo logo a seguir formar novo governo.

É um dado adquirido que uma percentagem consideravél dos integrantes do actual governo possam vir a ser reconduzidos ou nomeados para outros ministérios no próximo governo. (Redacção) acabado de receber na nossa Redacçao, o Presidente da República em exercício, Filipe Jacinto Nyusi, acaba de exonerar através de despachos separados, Carlos Agostinho do Rosário do cargo de Primeiro-Ministro; Jaime Basílio Monteiro do cargo de Ministro do Interior; Conceita Ernesto Xavier Sortane do cargo de Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano;

Nyeleti Brooke Mondlane do cargo de Ministro da Juventude e Desportos; Carmelita Rita Namashulua do cargo de Ministro da Administração Estatal e Função Pública; e Vitória Dias Diogo, do cargo de Ministro do Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Ainda no pleno uso das suas competências, o Chefe do Estado moçambicano exonerou a momentos Raimundo Maico Diomba do cargo de Governador da Província de Maputo e Francisca Domingos Tomás do cargo de Governador da província do Niassa.

Ainda a momentos, o Presidente Filipe Nyusi exonerou, igualmente, Catarina Mário Dimande, do cargo de Conselheiro do Presidente da República.

Filipe Nyusi foi eleito em em Outibro último para segundo mandato presidencial e toma posse na próxima quarta-feira (15Jan20), devendo logo a seguir formar novo governo.

É um dado adquirido que uma percentagem consideravél dos integrantes do actual governo possam vir a ser reconduzidos ou nomeados para outros ministérios no próximo governo. (Redacção)

106 visualizações0 comentário