17 Civis resgatados na base Sheik Munir




Por Milda Quaria


As Forças de Defesa e Segurança na companhia das forças especiais do Ruanda resgataram 17 civis das mãos dos terroristas, entre eles estão mulheres e crianças.

Está operação foi realizada no 14 de Fevereiro do ano em curso, onde definitivamente as FDS e o Ruanda ocuparam a base Sheik Munir. “Desta vez nós não fizemos só uma emboscada, nós ocupamos e ainda permanecemos por qui. Alguns dos nossos colegas ainda estão na base Sheik Munir em Pundanhar.” Disse a fonte.


A fonte rematou ainda que, para além dos 17 civis resgatados, dois (2) terroristas foram capturados em combate na base e outros (2) com armas ligeiras foram mortos numa emboscada montada pelas FDS quando os mesmos tentavam fugir.


Num dos computadores aprendidos pela força conjunta, foi encontrado um vídeo onde um menor de aproximadamente quatro a seis anos de idade, manejar com refeição uma arma AKM 47. “ Isso é muito preocupante. Esse e outros vídeos esta no computadores neutralizado numa das bases terrorista. Há grupos especiais que trabalham com esses tipos de casos.” Acrescentou ainda.


O terrorismo trouxe triste e luto não só em Cabo Delgado e Niassa, mas em todo país. Já perderam a vida vários Civis e militares nacionais e internacionais que têm colaborado ao lado das FDS na tentativa de acabar com estes extremistas. Desde Outubro de 2017 que Cabo Delgado não tem Páz e Segurança pública. (Moz24h)



290 visualizações0 comentário